Barack Obama: míssil que abateu avião saiu de área de separatistas

A Ucrânia, por sua vez, declarou que não poderia ter atingido o avião porque não possuía lançadores de mísseis na região da queda.


Míssil que derrubou avião foi lançado de região controlada por separatistas pró-Rússia, diz Obama

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta sexta-feira (18) que um míssil terra-ar lançado do território controlado por separatistas ucranianos foi o responsável pelo abate do avião de passageiros da Malásia na véspera.

De acordo com a agência de notícias Reuters, Obama disse que o presidente russo, Vladimir Putin, era a pessoa com maior poder de reduzir a violência na Ucrânia e optou por não fazê-lo.

Ele também disse que os separatistas ucranianos receberam contínuo apoio da Rússia, incluindo armas antiaéreas.

A agência de notícias russa RT divulgou hoje a informação de que o sistema de defesa antiaéreo ucraniano estava operacional na região da queda no momento em que o avião foi abatido.

?Um equipamento russo detectou ao longo do dia 17 a atividade do radar Kupol?, disse o Ministério da Defesa da Rússia em comunicado.

A aparelhagem poderia ter sido usada para disparar um míssil contra o avião, afirmou o Ministério, ajudando, por exemplo, no rastreamento da aeronave.

A Ucrânia, por sua vez, declarou que não poderia ter atingido o avião porque não possuía lançadores de mísseis na região da queda.

Fonte: r7