Mistura de coca, heroína, anfetamina e remédios matou ator, aponta laudo

Mistura de coca, heroína, anfetamina e remédios matou ator, aponta laudo

Vencedor do Oscar de melhor ator por sua atuação em "Capote", em 2006, Hoffman fez sua estreia nos cinemas em 1991.

Philip Seymour Hoffman morreu de uma ?mistura acidental de drogas?, que provocou uma overdose, segundo o resultado da autópsia divulgado nesta sexta-feira. No exame, foram encontradas heroína, cocaína e "diversas outras drogas", além de remédios para ansiedade e anfetamina, segundo a perícia da polícia nova-iorquina.

O ator, de 46 anos, foi encontrado morto em seu apartamento, em Nova York, no dia 2 de fevereiro. Um amigo dele fez uma ligação de emergência para a polícia de Manhattan. Ele lutava contra o vício em drogas, e foi internado em maio de 2013 em uma clínica de dependência por uso de heroína.

Vencedor do Oscar de melhor ator por sua atuação em "Capote", em 2006, Hoffman fez sua estreia nos cinemas em 1991. O primeiro trabalho foi em um filme independente intitulado "Triple Bogey on a Par Five Hole", dirigido por Amos Poe. No thriller criminal de Anthony Minghella "O Talentoso Ripley" (1999), Hoffman roubou a cena dos astros Matt Damon, Jude Law e Gwyneth Paltrow no papel coadjuvante do escorregadio e esnobe Freddie Miles.

O ator também interpretou o jornalista musical Lester Bangs de "Quase Famosos" (2000), de Cameron Crowe, e teve papéis relevantes em "Magnólia" (1999), de Paul Thomas Anderson, estrelado por Tom Cruise; "Ninguém é Perfeito" (1999), de Joel Schumacher (no qual encarnou uma drag queen, personagem que provocava o ex-policial vivido por Robert De Niro); e em filmes de grande orçamento, como o vencedor do Oscar "Cold Mountain" (2003), também de Minghella.

Também constante no teatro, Hoffman recebeu duas indicações para o prêmio Tony por seu trabalho em montagens de ?True west? (Sam Shepard) e ?Longa jornada noite adentro? (Eugene O?Neil). Em 2012, foi aclamado na Broadway à frente de ?A morte do caixeiro viajante", montagem de Mike Nichols da peça de Arthur Miller.

Hoffman nasceu em Fairport, nos Estados Unidos. Era casado com a estilista Mimi O"Donnell e deixou três filhos.

Fonte: O Globo