Morre aos 86 anos, James Garner, ator de vários clássicos do cinema

Morre aos 86 anos, James Garner, ator de vários clássicos do cinema

Segundo informações do "TMZ", uma ambulância foi enviada a casa do ator por volta das 20h de sábado, 19, mas ele já estava morto.

James Garner, astro de clássicos como "Maverick" e "Arquivo Confidencial", morreu aos 86 anos, segundo informações do "TMZ". Fontes policiais do site afirmam que uma ambulância foi enviada a casa do ator por volta das 20h de sábado, 19, mas ele estava morto quando chegaram ao local. Ainda não é sabida a causa da morte.

Garner foi um dos primeiros atores a conquistar sucesso maciço na televisão assim como no cinema. Ele foi o astro de uma longa lista de clássicos e também co estrelou a versão de 1994 para o longa "Maverick" ao lado de Mel Gibson. Garner foi o Bret Maverick original entre 1957 e 1960, assim como em um remake em 1980.

O ator também deu vida ao personagem de Ryan Gosling em uma fase mais velha em "Diário de uma paixão". Problemas de saúde o afastaram do trabalho e da mídia.

Nascido em Oklahoma, em 1928, sua infância foi marcada pela grande depressão econômica. Sua mãe, que era meio Cherokee, faleceu quando James tinha cinco anos. Ele e seus irmãos foram morar com parentes até que seu pai se casou novamente. Depois de passar anos apanhando da madrasta, um dia James revidou. Agredindo-a fisicamente, ele acabou com o casamento do pai.

Aos 16 anos, largou a escola para servir na marinha mercante, mas os enjôos que sentia por estar no mar o levaram de volta para casa. Agora sua família vivia em Hollywood, onde James voltou a estudar. Trabalhou por algum tempo como modelo antes de prestar o serviço militar. Lutou na Guerra da Coréia, onde foi ferido duas vezes.

Na década de 1950, um amigo o convenceu a fazer figuração na peça da Broadway ?A Nave da Revolta?, estrelada por Henry Fonda. Esse trabalhou deu início a sua carreira. Visto por um caça talentos da Warner Brothers, James foi contratado pelo estúdio, que o colocou em diversos trabalhos na TV. Entre eles, participações em episódios de ?Cheyenne? e ?Sugarfoot?, duas produções de faroestes da Warner. Logo depois, James ganharia sua própria série: ?Maverick?, produzida entre 1957 e 1960. Na TV, ele voltaria a fazer sucesso com ?Arquivo Confidencial?, produzida entre 1974 e 1980, e que gerou quatro telefilmes na década de 1990.

O ator se casou com Lois Clarke em 1956, 14 dias após conhecê-la. O casal teve uma filha, Gigi, escritora; o ator também adotou Kimberly, filha de Lois de uma união anterior. Em 1988, James foi submetido a uma cirurgia para implantar cinco pontes de safena; em 2000, o ator precisou operar os dois joelhos, um problema que o atormentava desde de 1970. Em 2008, sofreu um derrame, do qual se recuperou, mas que o afastou da carreira e da vida pública.

Em 2011 Garner ganhou uma biografia escrita por ele junto com Jon Winokur e com introdução de Julie Andrews, sua amiga e colega em ?Victor ou Victoria?. O título do livro, ?The Garner Files?, fazia uma alusão ao nome da série ?Arquivo Confidencial? no original: ?The Rockford Files?. Na ocasião o ator disse ter evitado escrever sua biografia por se considerar um sujeito muito comum, mas acabou mudando de ideia pensando que talvez assim pudesse agradecer a todos que o ajudaram e o acompanharam ao longo dos anos.

Fonte: EGO