Morre nesta segunda-feira  no hospital menina  de 5 anos estuprada por  mais de 40 horas na Índia

Morre nesta segunda-feira no hospital menina de 5 anos estuprada por mais de 40 horas na Índia

Ela morreu de parada cardíaca às 19h45 (horário local) desta segunda

A menina de cinco anos encontrada há duas semanas depois de ter sido violentada e torturada morreu em um hospital da Índia, anunciaram fontes médicas nesta terça-feira (30).

"Morreu vítima de uma parada cardíaca às 19h45 de segunda-feira. Seu estado piorou e a pressão arterial caiu. Não reagia aos medicamentos" disse o porta-voz do hospital à agência de notícias France Presse.

A menina havia sido encontrada inconsciente pelos pais no dia 18 de abril, no estado de Madhya Pradesh, depois de ter sido violentada, segundo a polícia, por um homem de 35 anos que a deixou abandonada em uma granja.

Segundo os investigadores, a menina foi sequestrada em 15 de abril em um bairro de classe média e depois estuprada durante mais de 40 horas em um quarto trancado.

A polícia indiana prendeu dois suspeitos depois do sequestro e estupro da criança, um caso que aumentou a polêmica sobre o tratamento que as autoridades dão aos crimes sexuais.

A morte de uma estudante em dezembro em 2012, em um estupro coletivo em um ônibus, já havia provocado muitas manifestações no país.

A vítima foi internada com graves ferimentos internos. Um dos suspeitos, que estava escondido na casa dos sogros, no estado de Bihar, no Leste da Índia, seria um inquilino do mesmo edifício no qual a menina morava, segundo a imprensa local.

Fonte: G1