Morte de enfermeira de Kate Middleton após trote em rádio abre polêmica internacional

Morte de enfermeira de Kate Middleton após trote em rádio abre polêmica internacional

Radialistas foram afastados, regulador deve investigar caso e premiê da Austrália envia condolências à família de funcionária.

O presidente da empresa que controla a rádio australiana 2Day FM disse que os dois radialistas que deram um trote na enfermeira que cuidava de Kate Middleton foram afastados, embora "não tenham quebrado nenhuma lei", e que o fato de a funcionária do hospital ter sido encontrada morta é uma "tragédia".

Rhys Holleran disse que os radialistas Mel Greig e Michael Christian, que se fizeram passar, respectivamente, pela rainha Elizabeth 2ª e o príncipe Charles, estão "completamente devastados" pela morte da enfermeira Jacintha Saldanha, que tinha 46 anos.

Os anunciantes do programa, cuja edição de terça-feira de manhã apresentou o trote, cancelaram a publicidade e a atração acabou sendo retirada do ar.

Em entrevista coletiva em Melbourne, na Austrália, Holleran disse não acreditar que a dupla tenha quebrado qualquer lei.

O posicionamento chega em resposta ao chefe do King Edward"s VII Hospital, John Lofthouse, que na terça-feira disse ter "recebido orientações de que o que os radialistas aurtralianos fizeram pode muito bem ter quebrado a lei".

A 2Day FM diz que a ligação telefônica passou por seus advogados antes de ir ao ar.

"Este é um caso trágico que não poderia ter sido previsto e nós estamos profundamente entristecidos. Eu acho que trotes telefônicos são uma ferramenta utilizada por rádios há muitas décadas, ao redor do mundo, e ninguém poderia ter previsto o que aconteceu", disse Holleran.

O executivo acrescentou que a dupla de radialistas foi afastada por tempo indeterminado.

O correspondente da BBC em Sydney, Duncan Kenendy, diz que mais de 10 mil usuários postaram comentários na página da rádio no Facebook, a vasta maioria condenando o trote feito pelos radialistas.

Em comunicado, a primeira-ministra da Austrália, Julia Gillard, disse lamentar a morte da enfermeira e enviou condolências à família.

Condolências e esclarecimentos

A Agência de Mídia e Comunicações da Austrália (ACMA, na sigla em inglês), recebeu reclamações formais após a transmissão do programa, ainda antes da morte da enfermeira.

Seu presidente, Chris Chapman, enviou condolências à família de Saldanha e adiantou que o regulador abrirá uma investigação para averiguar o caso.

"Estes acontecimentos são uma tragédia para todos e eu envio minhas sinceras condolências à família da enfermeira falecida em Londres. A ACMA não pretende fazer quaisquer comentários neste momento, mas entramos em contato com a 2Day FM Sydney para esclarecer os fatos e questões em torno do trote telefônico", diz.

Em comunicado, a família da enfermeira disse estar "profundamente entristecida pela perda de nossa querida Jacintha" e pediu o respeito da mídia.

Uma enfermeira que foi vítima de um trote quando a duquesa de Cambridge, Kate Middleton, estava internada no hospital de Londres onde ela trabalhava foi encontrada morta nesta sexta-feira. O príncipe William e sua mulher disseram em um comunicado que estão profundamente entristecidos com a morte da enfermeira Jacintha Saldanha.

A polícia foi chamada às 9h35 (7h35 de Brasília) de sexta-feira por testemunhas que encontraram a mulher inconsciente na região central de Londres.

Na madrugada da última quarta-feira, Saldanha estava trabalhando quando atendeu a uma ligação de dois radialistas da Austrália que diziam ser a rainha Elizabeth 2ª e o príncipe Charles.

Sem saber que tratava-se de um trote da emissora 2Day FM, de Sydney, a enfermeira passou a ligação para uma colega, que revelou detalhes do estado médico de Kate aos radialistas.

"Confusa"

Jacintha Saldanha, que era casada e tinha dois filhos, atendeu o telefonema porque no horário da ligação, às 5h30 locais (3h30 de Brasília), não havia telefonistas no hospital.

Segundo o jornalista da BBC Nicholas Witchell, há relatos de que ela teria se sentido muito solitária e confusa depois do trote.

Um porta-voz da família real disse que "em nenhum momento o palácio reclamou para o hospital a respeito do incidente".

A BBC apurou que Saldanha não foi suspensa ou alvo de processo disciplinar no hospital por ter sido enganada pelos autores do trote.

"Estamos chocados. Confirmamos que Jacintha recentemente foi vítima de um trote para o hospital", afirmou o diretor do hospital John Lofthouse. "Nós estávamos a apoiando durante este período difícil."

"Jacintha trabalhou no hospital King Edward"s 7º por mais de quatro anos", acrescentou. "Ela era uma enfermeira excelente, respeitada e popular entre os colegas."

A Scotland Yard afirmou que o caso não está sendo tratado como morte suspeita.

Kate Middleton foi internada no hospital na última segunda-feira, devido a enjoos agudos ligados à gravidez, e recebeu alta na quinta-feira.

Os radialistas australianos autores do trote serão afastados temporariamente de seu programa, "em respeito ao que só pode ser descrito como uma tragédia", disse um representante da emissora.

Fonte: G1