Em dia de fúria, motorista mata 3 e deixa outros 30 feridos na Índia

"No final, ele se chocou contra vários veículos e ficou bloqueado

Um motorista da companhia de transporte da cidade de Pune, na Índia, matou 9 pessoas e feriu outras 30 nesta quarta-feira (25) após dirigir por vários quilômetros na contramão.

O motorista, um homem de 39 anos identificado pela polícia de Pune como Santosh Emane, começou seu turno às 8h15 locais e deu início a uma louca corrida pelas ruas da movimentada cidade.

"Ele levou tudo o que encontrava em sua passagem, tanto veículos como pedestres. Era uma hora muito delicada, porque é quando as crianças se dirigem aos colégios", afirmou em entrevista coletiva a comissária da cidade, Meeran Borwankar.


Motorista de ônibus tem

Motorista de ônibus tem

Após subir no ônibus, Emane conduziu durante meia hora - 16 quilômetros - e na contramão pelas áreas mais movimentadas desta cidade não muito distante de Mumbai, o principal núcleo financeiro da Índia, até que a polícia o deteve no bairro de Nilayam.

"No final, ele se chocou contra vários veículos e ficou bloqueado. Com isso, vários cidadãos que o perseguiam conseguiram abrir as portas do ônibus e tirá-lo de lá. A polícia chegou a disparar durante a perseguição", acrescentou a comissária.

A imprensa local afirmou que Emane sofreria de transtornos mentais, mas Borwankar se negou a confirmar esta informação.

Imagens transmitidas pelas emissoras de televisão mostraram dezenas de carros e lojas de rua com sérios danos, assim como restos de vidro nas estradas de uma movimentada zona de negócios pela qual circulou o ônibus.

A polícia está ainda investigando as razões que levaram Emane a dirigir na contramão com seu veículo, que não levava nenhum passageiro durante os momentos do estranho caso.

Fonte: g1, www.g1.com.br