Mulher atacada com ácido sente vergonha de sua aparência

"Minha vida nunca mais será a mesma", afirmou

A esteticista Adele Bellis, 23 anos, sofreu um ataque com ácido sulfúrico que por pouco não tirou sua vida. E, certamente, a mudou por completo. O ataque ocorreu em agosto do ano passado e foi planejado por seu ex-namorado, Anthony Riley, que pegou prisão perpétua pelo crime. Ela foi alvejada em um ponto de ônibus.

O produto causou sérios danos, tirando-lhe boa parte da orelha, deixando cicactrizes permanentes e provocando uma calvície parcial em Adele, que assumiu a postura de ser uma defensora de mulheres que estão em um relacionamento abusivo.

Era o caso da própria Adele, que não conseguia se desvencilhar de uma relação com Riley, extremamente explosivo e ciumento. No crime com ácido, ele contou com três comparsas, também condenados. Adele achou justa a pena do ex-namorado, que negou o crime, mas foi considerado culpado pelo tribunal.

Adele ficou dois meses em um hospital, entre a vida e a morte, ligada a aparelhos, com os médicos lutando para manter seus sinais vitais. Antes da estética, a luta era pela sobrevivência da vítima. Tudo isso deixou marcas não só no corpo como na alma de Adele, que declarou. — Infelizmente, minha vida nunca mais será a mesma.

A jovem disse que só sobreviveu por causa da ajuda dosparentes e amigos. E admite que a vergonha por sua nova aparência ainda aatrapalha.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title





Fonte: Com informações do R7