Mulher com doença rara fere pele gerando cicatrizes chocantes; foto

Mulher com doença rara fere pele gerando cicatrizes chocantes; foto

Jovem também sofre com outra doença, a qual a faz arrancar seus próprios cabelos nos momentos de stress.

Uma jovem de 24 anos sofre com uma condição rara e bastante perturbadora. Ela danifica compulsivamente sua própria pele, gerando lesões críticas as quais precisam ser tratadas para não ficarem aparentes para outras pessoas.

Sophie Ehrmann, de 24 anos, tem de conviver com a dermatillomania, um transtorno no controle dos impulsos caracterizado por ferir sua própria pele. Ela que também sofre de trichotillomania, condição que faz arrancar seu próprio cabelo, escondia os problemas dos amigos e familiares, mas decidiu exibir sua condição a todos.

?Eu sou uma pessoa muito tensa, e para me acalmar arranco meu cabelo e rasgo minha pele?, comentou Sophie. Ela acredita que sua condição seja resultado do stress.

Nascida em Nova York, a jovem começou a ter os sintomas com 12 anos de idade. Ela foi diagnosticada com o transtorno aos 19 anos, quando contou para sua mãe de seu problema.

A jovem precisa utilizar diversos tipos de maquiagem para esconder as cicatrizes. Segundo ela, os gastos com esses tipos de produtos é bastante alto, mas necessário para poder sair de casa sem que seja percebida.

Sophie resolveu exibir seu problema em um projeto de fotografia íntima, mostrado em uma exposição na Escola de Artes Visuais de Nova York. Segundo ela, a intenção era que mais pessoas ficassem cientes sobre as duas condições e as causas que elas geram.

Fonte: tech tudo