Mulher dá à luz após ser raptada, queimada e baleada por ex

Com queimaduras, Latonya Bowman passou por cesárea de emergência.

Uma mulher deu à luz após ter sido raptada, queimada e levar um tiro do ex-namorado que, segundo a polícia, não queria que ela tivesse o bebê.

Latonya Bowman foi internada com diversas queimaduras pelo corpo, mas a expectativa é que ela se recupere. Ela deu à luz um menino após uma cesárea de emergência horas depois de ter sofrido o ataque. O bebê está internado numa unidade de emergência.

Segundo a polícia de Warren, nos Estados Unidos, a mulher foi sequestrada pelo ex, Jamal Rogers e um amigo dele, Antonio Mathis, ambos de 22 anos, que a teriam levado a um terreno baldio em Detroit.

No local, eles teriam jogado um líquido inflamável e ateado fogo à mulher grávida e atirado nela. Segundo os investigadores, a mulher contou ter se fingido de morta até que os dois foram embora.

Jamal e Mathis foram presos e acusados de tentativa de homicídio e outros crimes, sem direito a fiança.



Fonte: G1