Mulher dá à luz bebê após perder 8 litros de sangue e ter 2 ataques cardíacos em parto

Mulher dá à luz bebê após perder 8 litros de sangue e ter 2 ataques cardíacos em parto

Ela sofreu um problema raro chamado embolia amniótica

Para uma jovem mãe inglesa, sair do hospital e voltar para casa com seu bebê no colo teve um significado especial. Durante o parto, Fiona Moore sofreu duas paradas cardíacas e perdeu quase oito litros de sangue, segundo a reportagem do jornal ?Daily Mail?.

Fiona sofreu um problema raro, que afeta aproximadamente um em cada 10 mil partos, chamado embolia amniótica. O líquido que envolve o feto dentro do útero vazou para dentro do corpo dela. Isso desencadeou os problemas que a deixaram em coma por dois dias.

Wayne Hitchman, companheiro e pai dos filhos de Fiona, se lembra dos momentos mais traumáticos. ?Fiona estava com dificuldades para respirar, então a ajudamos a sentar, mas seu rosto começou a ficar azul?, ele contou.

?Chamaram a equipe de emergência que iniciou a reanimação cardiorrespiratória. Ouvi uma das parteiras dizer ?ela não está respirando?. Eu fiquei desesperado. Deveria haver umas 30 pessoas na sala trabalhando para salvá-la?, prosseguiu.

Depois disso, os médicos fizeram uma intervenção cirúrgica e retiraram o bebê, Wesley, em 20 minutos. Ele foi levado para a terapia intensiva, por precaução, enquanto a mãe ainda sangrava muito. Mas depois de passar dois dias em coma, sofrer duas paradas e perder quase oito litros de sangue, Fiona deu sinais de recuperação na véspera do Natal.

?Quando as coisas dão errado, você teme pelo pior. Mas isso mostra que milagres realmente acontecem no Natal?, disse a mãe.

?Os médicos não conseguem acreditar em como nós dois estamos bem. Eu não me lembro de nada, perdi uma semana de minha vida. Foram minha família, os médicos e a parteiras que realmente passaram por tudo isso ? deve ter parecido que foram meses para eles?, completou.

Esse não foi o primeiro parto problemático de Fiona. Quando jovem, ela ouviu de um médico que não poderia ter filhos. Em 2008, desafiou esse prognóstico quando teve seu primeiro filho, Travis. Naquela ocasião, o bebê tinha ficado com o cordão umbilical em volta do pescoço, mas tudo deu certo no fim.



Fonte: G1