Mulher afegã que deu luz sêxtuplos diz que pensou em aborto

Mulher afegã que deu luz sêxtuplos diz que pensou em aborto

A màe assegurou que estava preocupada em como alimentar tantos filhos com o salário de seu marido,

Sara Gul, uma jovem afegã de 25 anos, deu à luz a sêxtuplos, três meninos e três meninas, que nasceram com peso abaixo do normal mas saudáveis, segundo a agência Pajhwok. Essa foi a primeira gravidez de Sara. Os bebês nasceram num hospital de Mazar-e-Sharif, capital da província de Balkh.

Em declarações a agência, a mãe assegurou que estava preocupada em como alimentar tantos filhos com o salário de seu marido, um humilde lavrador de 28 de idade, com quem se casou há um ano e meio. "Fiquei com medo quando os médicos me falaram que eu estava esperando seis crianças, mas agora estou muito feliz", afirmou Sara.

A mulher, natural de uma zona rural, espera que o governo preste algum tipo de assistência para que ela possa cuidar dos bebês. Os bebês nasceram com pesos que oscilam entre 1,18 quilos e 470 gramas e ficarão na incubadora até que atinjam dois quilos, explicou o ginecologista Hamidi Elmi.

Segundo o médico, o estado de saúde de apenas de um dos bebês é preocupante. A direção do hospital afirmou que essa é a segunda vez que uma mulher dá à luz a sêxtuplos no centro médico.

As mulheres no Afeganistão costumam casar muito cedo, às vezes ainda adolescentes. O casamento geralmente é arranjado e pouco depois de formalizado os filhos são esperados. A região de Balkh, no norte do país, é relativamente estável comparada com a fronteira com o Paquistão, reduto da insurgência talibã.

Fonte: Terra