Mulher é detida acusada de fazer vídeo erótico dentro de igreja

Para os policiais, ela disse que é “um anjo” se comparada com outras pessoas.

Uma mulher , que não teve a identidade revelada, foi detida pela polícia da Áustria acusada de fazer vídeos eróticos dentro de uma igreja católica. Para os policiais, ela disse que é “um anjo” se comparada com as demais pessoas.

 Quando perguntada porque teria escolhido a igreja como cenário para seus vídeos, a mulher afirmou que não considerava errado o que fizera. "Acredite em mim, se você souber tudo o que excita as pessoas, vai descobrir que sou um anjo", disse.

"Fico feliz que tantas pessoas tenham visto meus vídeos, inclusive o fiel que me denunciou. Isso mostra que faço bem o que faço", acrescentou. A mulher, que é de origem Polonesa, foi condenada três messes de detenção, mas pagou fiança e não será presa.



 

Fonte: Terra