Mulher morre em hotel de luxo após beber "veneno" colocado em uma garrafa de água

Mulher morre em hotel de luxo após beber "veneno" colocado em uma garrafa de água

Quando sua noiva começou a passar mal, Raymond ligou para a recepção e pediu uma ambulância.

Era pra ser uma viagem relaxante para Gloria Smith, de 60 anos, e seu noivo. O casal decidiu passar duas semanas num hotel de luxo no Chipre, só que o passeio acabou no quarto dia com uma morte trágica. De acordo com o jornal "Daily Mail", a senhora não resistiu ao beber um gole de um produto de limpeza armazenado numa garrafa de água por uma funcionária do estabelecimento. "É veneno, me ajude", chegou a dizer ela ao amado pouco antes de perder a vida.

O caso aconteceu em setembro de 2010, mas só na última segunda o inquérito policial ouviu a empregada que cometeu o engano. A faxineira, que chegou a ser presa por um curto período de tempo depois do ocorrido, teria enchido a garrafa com um removedor de manchas e esquecido no quarto do casal após fazer a limpeza dos aposentos.


Mulher morre em hotel de luxo depois de beber produto de limpeza em garrafa de água

- Gloria não deveria ter morrido. Foi negligência. Foi um erro estúpido e descuidado - desabafou o noivo Raymond Francis, de 62 anos.

Da casa que compartilhou com a companheira em Walsall, na Inglaterra, Raymond fez duras críticas ao andamento das investigações. Na opinião do britânico, as autoridades do Chipre, ilha localizada no Mar Mediterrâneo, não se dedicaram a apurar as responsabilidades pela morte de Gloria.

- Qualquer um, vendo a garrafa, diria que contém água. Se isso acontecesse no meu país, independentemente de qualquer ação contra a empregada, o hotel também seria processado.

Quando sua noiva começou a passar mal, Raymond ligou para a recepção e pediu uma ambulância, já que o médico do hotel já havia ido embora. No hospital, uma enfermeria que não falava inglês pensou tratar-se de um enjoo e entregou um saco para que a mulher pudesse vomitar. Em seguida, ela chegou a ser examinada por uma equipe, mas teve um ataque cardíaco e morreu enquanto era transferida para um hospital especializado.

O casal estava hospedado no Salamis Bay Conti Resort Hotel, avaliado como cinco estrelas. O estabelecimento tem 392 quartos e vista para o Mar Mediterrâneo.

Fonte: Extra, extra.globo.com