Mulher receberá dez chibatadas por dirigir veículo na Arábia

Mulher receberá dez chibatadas por dirigir veículo na Arábia

Na prática, mulheres são proibidas de dirigir veículos no reino

Um tribunal da Arábia Saudita sentenciou uma mulher local a dez chibatadas por desafiar a proibição de mulheres ao volante no reino, informou nesta terça-feira (27) a Anistia Internacional.

A sentença foi divulgada dois dias depois de o Rei Abdullah ter garantido às mulheres o direito de votar e concorrer nas eleições municipais.

Philip Luther, diretor regional da Anistia, criticou a punição "cruel" e disse que o reino muçulmano ainda precisa avançar nas "reformas" prometidas;

Duas outras mulheres estariam enfrentando processos relacionados à direção, segundo a Anistia.

Não há lei formal na Arábia Saudita proibindo as mulheres de dirigir, mas existe uma lei que exige que os cidadão tenham carteiras emitidas regionalmente. Como elas não são emitidas para mulhere, isso, na prática, as impede de dirigir.

Em maio, protestos tomaram o país, e algumas mulheres exigiram o direito de dirigir. A campanha ganhou as redes sociais.

Fonte: G1