Mulher sobrevive a queda de 30 m e se diz curada da vaidade

Abigail era conhecida como festeira antes do acidente que quase a matou no início de 2011.

Às duas da manhã de 1º de janeiro de 2011, Abigail Barragry aproveitava uma festa de réveillon em Kuala Lumpur, na Malásia, quando escorregou e caiu do oitavo andar do prédio em que a celebração acontecia, uma queda de mais de 30 m.


Mulher sobrevive a queda de 30 m e se diz curada da vaidade

Abigail, 30 anos, esteve à beira da morte e quebrou múltiplos ossos no acidente. Ela passou quatro meses internada em um hospital e por 13 operações. Mesmo após se recuperar, a expectativa era de que ela nunca voltasse a andar. No entanto, a britânica diz que o acidente mudou sua vida para melhor e a curou da vaidade. "Antes da queda, eu era perfeccionista sobre a minha aparência", diz Abigail, que atualmente anda com a ajuda de muletas. "Eu gastava horas escolhendo roupas, me arrumando para sair e ia para a academia cinco dias por semana".

Em novembro de 2011, 11 meses depois do acidente, ela conheceu James Coupe, 30 anos, através de uma amiga mútua. Os dois estão juntos desde então. "Agora, eu tenho quatro placas dentro do meu corpo, parafusos e uma haste de metal do tamanho de um pé. Tenho cicatrizes em todo o corpo e nunca vou ser fisicamente capaz como era. Mas a queda colocou minha vida em perspectiva e, incrivelmente, eu nunca fui tão feliz", diz Abigail. "Eu me sinto muito sortuda. Se eu nunca tivesse tido este acidente, nunca teria encontrado James. Nós nunca paramos de tentar fazer o outro rir".

Fonte: Terra