Suspeita de enviar material explosivo aos EUA é presa

Suspeita de enviar material explosivo aos EUA é presa

Nesta sexta-feira foram localizados e desativados dois pacotes-bomba em aviões de carga

A polícia iemenita prendeu neste sábado (30) em Sanaa a mulher suspeita de ter enviado aos Estados Unidos dois pacotes com material explosivo, informaram à Agência EFE fontes dos serviços de segurança.

A prisão foi divulgada pouco depois que o presidente iemenita, Ali Abdala Saleh, anunciou que a casa da suspeita estava cercada e sua detenção devia acontecer nas próximas horas. O governante não informou a identidade da mulher, mas disse que foi descoberta pelos serviços de inteligência americanos, que a identificaram graças ao chip de um telefone celular encontrado na bomba interceptada no Reino Unido.

Nesta sexta-feira foram localizados e desativados dois pacotes-bomba em aviões de carga, um no aeroporto britânico de East Midlands, a bordo de um avião da empresa UPS, e o segundo em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, em um contêiner da companhia FedEx, a bordo de outro avião.

O destino das bombas eram duas sinagogas de Chicago, nos Estados Unidos. Anteriormente, fontes da segurança do aeroporto de Sanaa tinham indicado à Agência EFE que, aparentemente, os pacotes teriam sigo entregues por duas mulheres.

Tanto autoridades dos Estados Unidos com dos Emirados Árabes apontaram que a Al Qaeda está por trás do atentado fracassado.

Fonte: g1, www.g1.com.br