Aranha viva é retirada do canal auditivo de mulher chinesa depois de cinco dias dentro

Aranha viva é retirada do canal auditivo de mulher chinesa depois de cinco dias dentro

Os médicos apuraram que a aranha morou no canal auditivo da mulher por até cinco dias.

Médicos retiraram uma aranha do canal auditivo de uma mulher na China, relata o "Huffington Post".

A mulher, que não foi identificada, foi ao hospital Changsha Central com queixa de coceira em seu ouvido esquerdo e os médicos verificaram que uma pequena aranha viva estava alojada no local.

Os profissionais temiam que o animal fosse mais fundo ou mordesse a mulher caso tentassem retirá-lo, então despejaram solução salina no local para afugentá-lo. A estratégia deu certo e o bicho saiu na hora.

Os médicos apuraram que a aranha morou no canal auditivo da mulher por até cinco dias e que se alojou lá enquanto ela dormia. A casa da moça passa por reformas, o que deve ter contribuído para o episódio.



Fonte: G1