Múmia de 200 anos de monge é achada em pose de meditação

A descoberta impressionante foi encontrada na Mongólia

Os restos mortais de um monge da Mongólia foram encontrados intactos nesta semana depois de 200 anos. A múmia superpreservada estava em posição de meditação. As informações são do The Mirror.

Uma equipe de investigação forense agora estuda a múmia e tenta descobrir quem é o religioso desconhecido – além das causas da morte, idade correta etc. A princípio, os cientistas afirmaram que possui pelo menos 200 anos.

A múmia teria sido preservada em pele de animal na província de Songinokhairkhan, na Mongólia.


Clique aqui e curta o Meionorte.com no Facebook

Fonte: TERRA