Níger diz que deu asilo a filho de Kadhafi por "razões humanitárias"

Saadi Kadhafi fugiu para o vizinho da Líbia antes da morte do pai.

Mahamadou Issoufou, presidente do Níger voltou a afirmar que seu país vai manter a decisão de conceder asilo Saadi Kadhafi, um dos filhos do ex-ditador líbio Muammar Kadhafi. O Níger alega ?razões humanitárias? para abrigar Saadi, que é procurado pela Interpol.


Níger reafirma que deu asilo a filho de Kadhafi por

?A atitude do governo do Níger quanto a isso já foi tomada: já acolhemos refugiados líbios por razões humanitárias?, afirmou Issoufou, citado pela rede americana CNN. ?Dentre esses [refugiados], um é um filho de Kadhafi ? Saadi Kadhafi?, justificou o político.

A entrevista foi concedida na última sexta-feira (11), em visita à África do Sul. Aos jornalistas ele disse ainda que seu país não recebeu Saif al-Islam, outro filho de Kadhafi, que também é procurado.

Saadi, de 38 anos, se refugiou no Níger em agosto, quando a queda de Trípoli pôs fim a 42 anos de poder de seu pai, morto em outubro.

As novas autoridades líbias o procuram por "ter se apoderado de bens pela força e pela intimidação quando dirigia a federação líbia de futebol", segundo a Interpol.

Fonte: G1