Nokia vai efetivar divisão de telefones e tablets a Microsoft na sexta-feira, 25

No fim de março, a Nokia informou que a venda, anunciada em setembro de 2013, atrasaria.

A empresa de telefonia finlandesa Nokia anunciou nesta segunda-feira que tornará efetiva a cessão da divisão de telefones celulares e tablets à americana Microsoft na sexta-feira 25 de abril.

A Microsoft concordou em pagar 5,44 bilhões de euros pelas atividades de telefonia móvel (3,79 bilhões) e pelo direito de uso das patentes do grupo finlandês (1,65 bilhão), o que permitirá à empresa competir com Google, Apple e Samsung.

Após meses de negociações para concretizar a venda - que precisou da aprovação do ministério do Comércio da China, da Comissão Europeia e do Departamento de Justiça dos Estados Unidos -, a conclusão parece próxima.

A Nokia foi a líder mundial dos telefones celulares até ser superada em 2012 pela sul-coreana Samsung. O mercado começou a mudar em 2007, após o lançamento do iPhone da Apple.

Após a venda, a empresa finlandesa espera recuperar a rentabilidade e prevê concentrar-se nas atividades de serviços e de fabricação de materiais para operadores de redes.

A Microsoft, que tem como principal meta conceber softwares, tem muitos recursos financeiros para recuperar um fabricante de telefones em situação delicada.

Fonte: EM