Número de mortos atribuído à supertempestade nos EUA vai a 9

Número de mortos atribuído à supertempestade nos EUA vai a 9

Há registro de mortos em Massachusetts, Connecticut e Nova York. Forte nevasca deixou 700 mil casas e empresas sem energia.

O número de vítimas atribuído à supertempestade de inverno que atingiu o nordeste dos Estados Unidos subiu para nove na noite deste sábado (9), segundo levantamentos da imprensa norte-americana.

A nevasca, que está perdendo força, também atingiu Nova Yorkx, Connecticut, Rhode Island, New Hampshire, a costa do Maine e parte do Canadá.

Entre as vítimas estaria um menino de 11 anos, que morreu em Boston, no estado de Massachusetts, um dos mais afetados pela tormenta.

A criança ajudava o pai a retirar a neve de cima do carro da família e entrou no veículo para se aquecer. O pai não reparou e ligou o motor. Como o escapamento havia ficado obstruído pela neve, o gás carbônico gerado matou o garoto dentro do veículo, informou a ?NBC?.

Em outro acidente relacionado com a nevasca, também em Boston, um rapaz de 20 anos morreu ao inalar gás carbônico dentro de um carro, enquanto ele se protegia do frio e da neve, informou o canal ?Weather Channel?.

O governador de Connecticut, Dannel Malloy, disse à imprensa que cinco pessoas morreram no estado devido à tempestade.

Em Prospect, uma idosa que limpava a neve acumulada ao redor de sua casa morreu atropelada.

Em Danbury, um homem foi encontrado morto na porta de sua loja.

Em Bridgeport, outro homem morreu dentro de sua casa, vítima de hipotermia.

Em New Milford, um homem de 55 anos morreu após sofrer um ataque cardíaco ao retirar neve da porta de sua residência.

Em Shelton, um homem de 49 anos passou mal e morreu ao desenterrar sua caminhonete da neve.

As demais mortes aconteceram em cidades de Nova York, algumas delas ocorridas em acidentes de trânsito provocados pelo excesso de neve.

Autoridades informaram que um homem morreu em Livingston County (NY) enquanto limpava o caminho de entrada de sua casa. Ele perdeu o controle de um trator e bateu.

Em Poughkeepsie (NY), uma jovem de 18 anos atropelou uma idosa, que morreu no hospital.

A gigantesca tempestade que se estende desde os Grandes Lagos até a costa do Atlântico despejou mais de 90 cm de neve em todo o Nordeste, segundo o Serviço Nacional de Meteorologia.

A tempestade concentrou sua fúria em Connecticut, Rhode Island e Massachusetts, com até 95 cm de neve em Milford, Connecticut.


Número de mortos atribuído à supertempestade nos EUA vai a 9

Sem energia e voos cancelados

Empresas de serviços públicos registraram cerca de 700 mil clientes sem energia elétrica em Massachusetts, Rhode Island e Connecticut por causa da tempestade de neve, que derrubou galhos de árvores nas linhas de transmissão de energia.

A usina nuclear de Pilgrim, em Plymouth, Massachusetts, ficou sem força e foi desligada automaticamente durante a tempestade na noite de sexta, mas não havia ameaça para o público, disse que a Comissão Reguladora Nuclear.

Cerca de 2.000 voos foram cancelados no sábado, de acordo com FlightAware.com, que acompanha os atrasos dos voos. Dois aeroportos internacionais em Boston e Connecticut foram fechados por causa da nevasca.

Estado de emergência

A tempestade levou os governadores de Massachusetts, Rhode Island, Connecticut, Nova York e Maine a declararem estado de emergência.

O governador de Massachusetts, Deval Patrick, tomou a rara decisão de anunciar a proibição da maior parte de viagens de carro no início da tarde sexta, enquanto o governador de Connecticut, Dannel Malloy, fechou rodovias do estado para todos os veículos, menos os de emergência. Na noite de sexta, alguns trens que circulam entre Nova York e o condado de Westchester, Long Island e Connecticut foram suspensos.

Fonte: G1