Obama participa de "selfie" no funeral de Nelson Mandela e é bastante criticado nas redes sociais

Obama participa de "selfie" no funeral de Nelson Mandela e é bastante criticado nas redes sociais

Barack Obama está causando no funeral de Nelson Mandela.

Barack Obama está causando no funeral de Nelson Mandela.

Ele já entrou no trending topics mundial do Twitter por dois motivos diferentes, ambos durante o funeral do líder-sul-africano.

Na primeira, por um motivo mais sério. Em um gesto simples, porém com alta carga de simbologia, cumprimentou o líder cubano Raúl Castro.

O gesto causou polêmica. Uns viram no cumprimento um ato histórico, que significa um pouco de paz na conturbadíssima relação diplomática entre os dois países. Outros viram hipocrisia ?muitos lembram que os Estados Unidos impõem um pesado embargo econômico aos cubanos.

Até aí, gerou notícia mas ficou dentro do esperado para um chefe de Estado.

Mas tudo mudou quando Obama tomou uma das atitudes mais, digamos, criticadas do mundo das redes sociais: fazer um ?selfie? ?tirar foto de si mesmo? durante um velório. Existe até uma página no Tumblr famosa por coletar imagens de quem faz isso, o Selfies at Funerals.

O ?selfie? foi tirado junto com os primeiros-ministros do Reino Unido, David Cameron, e da Dinamarca, Helle Thorning Schmidt.

Como não poderia deixar de ser, logo começaram as piadas e, depois, críticas ao ?selfie? do presidente americano.



Para completar, as agências de notícias capturaram uma série de imagens de Obama conversando animadamente com Helle, enquanto a primeira-dama, Michelle Obama, fazia cara de poucos amigos do lado. Logo depois, os dois trocaram de lugar, num sinal de que o problema era o animado papo de Obama com a dinamarquesa. Um prato cheio para as brincadeiras nas redes sociais.



Fonte: Folha