Padrasto abusa da enteada durante 14 anos e tem quatro filhos com a jovem de 29 anos

Padrasto abusa da enteada durante 14 anos e tem quatro filhos com a jovem de 29 anos

A moça perdeu a virgindade com 15 anos com o padrasto.

Um padrasto teve quatro filhos com sua enteada durante um período de abuso sexual que durou mais de uma década. Alega-se que o pai de 60 anos de idade, que não pode ser nomeado por razões legais, começou a estuprar sua enteada, que hoje tem 29, quando ela tinha 15 anos.

O homem chegou a ameaçar que se a jovem colocasse o seu nome na certidão de nascimento das crianças iria matá-la.

Após o nascimento de seu segundo filho, uma parteira ficou tão preocupada com o que a família estava escondendo que ela escreveu aos serviços sociais. Nenhuma intervenção oficial foi feita pelas autoridades e os abusos prosseguiram até que ela começou a vê-lo como parte da vida normal.

Hoje, o júri viu uma gravação em DVD de uma entrevista da polícia a mulher quando os supostos estupros foram descobertos. Ela disse comovente que estava com 14 anos quando a violência começou e progrediu para sexo completo um ano mais tarde, quando ela perdeu a virgindade com ele.

Ela deu à luz seu primeiro filho com a idade de 16 anos e ele continuou a ter sexo com ela em seu quarto várias vezes por semana, enquanto todos na casa dormiam.Ela foi perguntado se ela queria que as crianças e respondeu: ". Eles não pediram para nascer, mas eu os amo".

"Você queria que essas crianças tivessem esse pai biológico??, perguntou uma policial feminina.

"Não, não foi a minha escolha", disse ela. "Não era a vida que eu escolhi, mas eu tinha de aceitá-lo ou ele seria muito agressivo?, afirmou

Fonte: Daily Mail