Pai suga o sangue e come a carne da filha de 3 anos em Papua-Nova Guiné

Em 2012, as autoridades locais prenderam dezenas de pessoas ligadas a um suposto culto canibal

Um homem da Papua-Nova Guiné foi preso depois de ter assassinado a filha de três anos em um ato de canibalismo no dia 9 de outubro.


Pai suga o sangue e come a carne da filha de três anos em Papua-Nova Guiné

De acordo com as autoridades, a garota foi mordida no pescoço pelo pai que comeu a sua carne e em seguida teria sugado o sangue da vítima como um "vampiro".

Os policiais descreveram o crime como sendo um ?ato de canibalismo?. O pai da menina, conhecido como Rex Eric, é natural da província de Morobe e está preso aguardando o julgamento.

Segundo os agentes, ele será indiciado por homicídio doloso e canibalismo.

Conforme divulgado pela imprensa local, o vereador John Kenny foi um dos primeiros a chegar ao local. Ele afirmou que a mãe tinha ido visitar o pai da menina quando o crime ocorreu.

Rex Eric teria tirado a criança da mãe e fugiu em seguida com ela nos braços. Ele pulou uma cerca e se escondeu no meio de arbustos nas proximidades para executar o ato de canibalismo.

Dois jovens que estavam escalando coqueiros na vizinhança viram o crime e rapidamente correram para denunciar o que estava acontecendo. De acordo com o vereador, o homem não se importou com o fato de que havia pessoas testemunhando a cena brutal.

? Ele estava rindo para os meninos e continuou comendo a carne e sugando o sangue.

Algumas pessoas se aproximaram do criminoso para entender o que estava ocorrendo. Então, o homem jogou o corpo da criança no mato e tentou fugir, mas acabou sendo capturado e foi entregue para a polícia.

Em 2012, as autoridades de Papua prenderam dezenas de pessoas ligadas a um suposto culto canibal acusado de matar pelo menos sete pessoas.

Fonte: r7