Pais foram presos após polícia achar esqueleto do filho de 3 anos em caixa

Os proprietários do edifício quase jogaram a caixa fora, acreditando que era parte apenas do lixo que eles deixaram

Os restos do esqueleto de Roman Barreras, um menino de 3 anos de idade, foram encontrados em Tucson, México, e agora sua mãe está sendo acusada de matar a criança de fome e esconder seu corpo em uma caixa enquanto seu pai não fez nada para impedi-la.


Pais foram presos ap pol兤ia encontrar esqueleto do filho de 3 anos em uma caixa de brinquedos

Raquel Barreras, de 39 anos, e seu marido Martin Barreras, de 45 anos, haviam sido despejados de seu apartamento triplex e os proprietários foram lá limpar a bagunça que eles deixaram para trás. E foi quando se depararam com a caixa onde haviam deixado seu filho.

A Divisão de Segurança da Criança e Serviços da Família afirma que os assistentes sociais tiveram contato com a família anteriormente, mas o último contato registrado foi em agosto de 2012.

Os proprietários do edifício quase jogaram a caixa fora, acreditando que era parte apenas do lixo que eles deixaram. "O choque é surreal, você olha e fica pensando se isso poderia realmente ser restos mortais de uma criança", disse o proprietário.

Os membros da família ficaram igualmente chocados. ?Roman era um lindo menino, ele tinha muito para viver. Estamos pedindo que vocês orem por ele, enquanto nós estamos tentando passar por isso", disse chorosa Erica Ortiz, sobrinha de Raquel.

Algumas pessoas da família revelaram que o casal se mudou muitas vezes e tornou-se bastante reservado. A polícia conseguiu encontrá-los alguns dias depois vivendo em uma casa sem água potável.

Fonte: DailyMail