Pais são acusados de matar filho de 3 anos em máquina de lavar em cidade da França

Pais são acusados de matar filho de 3 anos em máquina de lavar em cidade da França

Os pais de Bastien estão em prisão preventiva

A polícia da cidade de Germigny-l"Évêque, na França, prendeu um homem acusado de matar o próprio filho de 3 anos no último domingo. Segundo a investigação, Christophe Champenois, 33 anos, colocou o menino, Bastien, em uma máquina de lavar roupas e ligou o equipamento. A mãe do garoto foi acusada de não impedir um crime e não prestar socorro a uma pessoa em perigo, segundo a agência AFP.

Os pais de Bastien estão em prisão preventiva, sem direito a fiança. Uma fonte ouvida pela AFP afirmou que a criança parecia ter morrido por causa de um "golpe na cabeça". Segundo vizinhos da família, o menino morreu na última sexta-feira, depois que seu pai o colocou nu dentro da máquina de lavar roupas. O castigo seria uma forma de punição por problemas que o garoto teria arranjado na creche.

Uma vizinha que se identificou apenas como Alice afirmou que viu o corpo de Bastien quando a mãe da criança foi ao apartamento dela pedindo ajuda. "Eu segurei o menino nos meus braços, ele estava congelado, completamente nu. Ele estava todo branco, limpo, praticamente como um boneco", disse Alice, que mora no mesmo prédio residencial que o casal acusado do crime. Segundo a vizinha, a mãe de Bastien tentou ressuscitá-lo com massagem cardíaca, mas não conseguiu.

De acordo com outra fonte ligada à investigação, o pai do menino nega as acusações e afirma que Bastien morreu após cair da escada. Entretanto, depoimentos de testemunhas e exames feitos no corpo do garoto foram "consistentes com o fato de que a criança foi colocada em uma máquina de lavar", afirmou a fonte da AFP.

Fonte: Terra, www.terra.com.br