No Vaticano, Papa pede aos cristãos que não sigam palavras da moda

Segundo Francisco, a "palavra de Deus" é mais importante

Cidade do Vaticano - O papa Francisco pediu hoje (17) para os cristãos não trocarem a "palavra de Deus" por "palavras da moda".

Em uma missa na residência de Santa Marta, no Vaticano, o Pontífice afirmou que "o dom de ser filho de Deus não pode ser vendido com sentido de normalidade".

O objetivo de Francisco foi destacar que não é "certo querer ser "normal" quando se é filho de Deus". Segundo o Papa, essa "tentação" foi vivida diversas vezes pelo povo hebreu, documentadas no Antigo Testamento.

"A normalidade da vida exige do cristão uma fidelidade à sua eleição, e isso significa não vendê-la por uma uniformidade mundana", afirmou o Papa.


Coelhinhas da

Fonte: Exame