Papa retoma suas reuniões após cancelar visita por indisposição

Papa retoma suas reuniões após cancelar visita por indisposição

Pontífice cancelou visita a hospital de Roma em cima da hora na sexta-feira

Após cancelar uma visita a um hospital na sexta-feira (27) por indisposição, o Papa Francisco retomou os compromissos e teve uma manhã cheia de audiências neste sábado (28).

Apesar de aparentar cansaço, o pontífice sorria com frequência nesta manhã durante uma adiência privada de dez minutos, mais curta do que o usual, com o presidente de Madagascar, Hery Rajoanarimampianina.

O papa também discursou normalmente a uma delegação ortodoxa e teve outras duas reuniões com cardeais do Vaticano. Na sexta-feira (27), o Papa Francisco cancelou sua uma visita a um hospital de Roma por uma indisposição, anunciou o Vaticano.

Francisco iria até o Hospital Policlínico Gemelli na capital italiana nesta tarde, onde visitaria doentes e celebraria uma missa.

Não foram dados detalhes sobre a indisposição do pontífice. O cancelamento da visita foi anunciado minutos antes aos fiéis presentes no hospital por Claudio Giuliodori, assistente eclesiástico na Universidade Católica.

Segundo a imprensa italiana, o papa estava muito cansado. Não é a primeira vez que o Papa argentino cancela uma visita no último minuto.

No dia 19 de junho, Jorge Bergoglio decidiu não comparecer a uma longa procissão em Roma entre as Basílicas de São João de Latrão e Santa Maria Maior para descansar antes de uma visita à Calábria (sul da Itália) dois dias depois.

Desde que foi eleito Papa, em março de 2013, não tirou férias. O ex-cardeal e arcebispo de Buenos Aires, um homem vigoroso e enérgico, mas com alguns problemas pulmonares, acorda todos os dias antes das cinco da manhã e dorme cedo.

Fonte: G1