Passa de 140 número de mortos após inundações na Rússia; 360 vão para hospital

Passa de 140 número de mortos após inundações na Rússia; 360 vão para hospital

360 pessoas foram atendidas em hospitais, das quais 97 foram internadas.

Os serviços de resgate localizaram até este domingo (8) 146 corpos no sul da Rússia, no litoral do Mar Negro, após as inundações sem precedentes causadas pelas fortes chuvas que arrasaram na véspera milhares de casas na região de Krasnodar, informaram as autoridades do país.

Três distritos da comarca de Kuban foram afetados pelas inundações e a maioria dos mortos é de Krimski, onde foram recuperados 135 cadáveres, informou o Ministério de Situações de Emergências de Krasnodar.

Outras 11 pessoas morreram em Novorossiysk, o maior porto russo do Mar Negro, onde dois de seus habitantes se afogaram. No distrito balneário de Gelendzhik houve nove mortos, dos quais cinco foram eletrocutados após queda de um fio de alta tensão sobre a rua.

Pelo menos 360 pessoas foram atendidas nos hospitais das áreas afetadas pela catástrofe e 97 delas foram hospitalizadas.


Passa de 140 o número de mortos após inundações no sul da Rússia

A cidade balneário de Gelendzhik sofreu a maior inundação de sua história e milhares de pessoas perderam tudo em apenas algumas horas.

O governador de Krasnodar declarou dia de luto regional na segunda-feira (9) e lembrou que nem a tragédia de 2002, na qual morreram 62 pessoas, pode ser comparada com a catástrofe natural que se abateu em Kuban.

Fonte: G1