Polícia britânica faz autopsia em corpo de enfermeira que se matou após "pegadinha"

Polícia britânica faz autopsia em corpo de enfermeira que se matou após "pegadinha"

Aparentemente, Jacintha matou-se dois dias após cair em uma "pegadinha" em que dois radialistas imitaram a voz da rainha.

A estação de rádio australiana responsável pelo "trote" telefônico que terminou com a morte da enfermeira indiana Jacintha Saldanha anunciou nesta terça-feira (11) que vai doar seus lucros com anúncios, de agora até o fim do ano, para a família da mulher.

A polícia inglesa vai fazer hoje a autopsia no corpo da enfermeira para saber as circunstâncias da morte. Possívelmente para descobrir se a mulher sofria de transtornos.

Aparentemente, Jacintha matou-se dois dias após cair em uma "pegadinha" em que dois radialistas imitaram a voz da rainha da Inglaterra, Elizabeth II, e do Príncipe Charles, para obter informações sobre o estado de saúde de Kate Middleton. Grávida, a duquesa de Cambridge estava internada no hospital Edward VII, em Londres, onde Jacintha trabalhava.

A Southern Cross Austereo, companhia-mãe da rádio 2Day FM, disse que vai doar pelo menos US$ 525 mil a um fundo destinado à família de Jacintha.

A empresa suspendeu os radialistas Mel Greig e Michael Christian e cancelou o programa deles, o "Hot 30".

Saldanha morava com o marido e dois filhos em Bristol. Indiana, ela morava havia cerca de dez anos no Reino Unido.

Fonte: G1