Premiê canadense confirma presença na Parada Gay de Toronto

Trudeau já costumava ir à parada antes de ser eleito

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau será um dos primeiros líderes mundiais a participar de uma marcha do orgulho gay.

A notícia foi anunciada pela Pride Toronto, organizadora da Parada Gay em Toronto. Além de Troudeau, vão participar do evento o ministro das Finanças, Bill Morneau, o prefeito de Toronto, John Tory, e Kathleen Wynne, primeira mulher a assumir o cargo de premiê de Ontário.

Trudeau já costumava ir à parada antes de ser eleito, e se manifestou no seu Twitter sobre a expectativa para o evento. O premiê também divulgou um vídeo em apoio ao combate ao bullying. Batizado de "Pink Shirt Day" (Dia da Camiseta Rosa, em tradução livre), o dia ganhou significado em 2007, quando um grupo de estudantes canadenses resolveu defender um colega que foi ridicularizado por vestir uma blusa rosa.

"'Paus e pedras podem quebrar meus ossos mas nomes nunca irão me machucar', simplesmente NÃO é verdade. As palavras machucam e o bullying pode deixar, por muito tempo, cicatrizes emocionais e físicas", afirmou.

No texto, dito parte francês e parte em inglês - os dois idiomas oficiais do Canadá - Trudeau salientou ainda que as diferenças são fonte de força para os canadenses. "Hoje, nós estamos unidos para dizer não à intolerância, e sim à inclusão. Nós dizemos não à intimidação, e sim à gentileza."


Image title

Fonte: Com informações do Brasil Post