Prêmio Nobel da Paz de 2012 vai para a União Europeia; saiba

Comitê elogiou bloco por seu papel em manter o continente europeu unido

O Prêmio Nobel da Paz de 2012 foi atribuído nesta sexta-feira (12) à União Europeia. O anúncio foi feito em Oslo, pelo comitê que outorga o prêmio desde 1901.

O comitê justificou o prêmio citando o papel que o bloco europeu exerce, há longo tempo, para promover a união do continente.

A União Europeia e as instituições que a precederam em sua formação "contribuíram durante mais de seis décadas para a paz e a reconciliação, a democracia e os direitos humanos", disse Thorbjoern Jagland, presidente do comitê do Nobel.

O comitê saudou o bloco, atualmente com 27 países, por ter reconstruído a região após a Segunda Guerra Mundial e o por ter semeado a estabilidade nos países do antigo bloco comunista, após a queda do Muro de Berlim, em 1989.

"Durante um período de 70 anos, Alemanha e França se enfrentaram em três guerras (1870, 1914-18 e 1939-45). Hoje em dia, uma guerra entre Alemanha e França é impensável", disse Jagland.

"Isto demonstra como, através de um esforço bem encaminhado e da construção da confiança mútua, inimigos históricos podem virar sócios próximos", completou, sem deixar de lembrar também das "graves dificuldades econômicas e problemas sociais consideráveis" que o bloco atualmente enfrenta.

Fonte: G1