Rede MN: Brasileiro que mora em Munique fala sobre tiroteio

Ele relatou como soube do tiroteio e como está a cidade

Um tiroteio deixou pelo menos 9 pessoas mortas no shopping Olimpia na cidade de Munique, na Alemanha. O número de mortos pode ser até maior, três homens são suspeitos deste atentado. Um deles pode está entre os mortos.

Um atirador abriu fogo na cidade de Munique, na Alemanha. No momento do ataque, muito desespero de quem estava ao redor. Muitas pessoas saem correndo de uma loja de festfood em um shopping na cidade. As imagens mostram a correria na área externa do shopping. Atiradores usavam armas de cano longo. Pelo menos três são suspeitos. De acordo com porta voz policial houve relato de outros tiroteios que ainda estão sendo investigados, porém nada ainda foi confirmado. ”ainda estamos procurando os atiradores”, disse o policial. "Há diferentes relatos sobre isso, as informações devem ser primeiro consolidadas. Esta é a primeira informação parcial que temos. E é por isso que estamos trabalhando com a intenção de aumentarmos a segurança da população de Munique”, concluiu o porta-voz.

Além da polícia dezenas de veículos de emergência circularam pelo local que foi isolado. Apesar de não haver indícios do atentado com o terror islâmico, simpatizantes do grupo terrorista estado islâmico comemoraram o ataque através da rede de conversas Telegram. Autoridades afirmaram que a situação ainda é confusa.

A ação acontece na mesma semana em que um garoto de 17 anos atacou passageiros em um trem na Alemanha com um machado deixando quatro feridos.

Após o ataque o governo decretou estado de emergência em Munique. Enquanto a polícia procura os responsáveis pelo atentado, todo o transporte foi suspenso na cidade. Nas redes sociais,  internautas estão prestando homenagens e solidariedade às vitimas,  com a hashtag Pray For Munich que significa ore por Munique.

Em pronunciamento, o presidente dos EUA, Barack Obama, se comprometeu em fornecer a Alemanha qualquer ajuda que o país possa precisar para investigar o incidente mortal. “Nossos corações estão com as pessoas que possam ter sido feridas”, disse ele. "Essa situação ainda está acontecendo e a Alemanha é um dos nossos aliados mais próximos, por isso nos comprometeremos a dar todo o apoio que eles possam precisar para lhe dar com essa circunstância”, concluiu Obama.

O Programa 70 minutos, da Rede Meio Norte, conversou ao vivo com o brasileiro Marcelo Alves que está morando em Munique desde junho e relatou sobre o ataque e de como está Munique.

“As ruas estão meio estranhas porque hoje é sexta-feira, as pessoas normalmente estariam nas ruas, só que não tem quase ninguém caminhando na rua, mas tem bastante carros, porque logo que aconteceu os tiros todo transporte público ficou parado, então quem tava no trabalho ficou no trabalho, quem tinha algum lugar pra ir foi e ficou, agora que as coisas estão se normalizando que os táxis estão voltando a funcionar", disse Marcelo.

Brasileiro Marcelo Alves mora em Munique
Brasileiro Marcelo Alves mora em Munique

O Brasileiro disse que no momento do tiroteio estava na zona central de Munique. "No momento do tiroteio eu e minha esposa estávamos na zona central, estava acontecendo um festival de cerveja, eu comecei vendo o grupo de whatsApp do meu trabalho, o pessoal começou a falar que houve tiroteio no shopping, perguntando onde todo mundo estava, e ai a agente pensava, vamos pra casa que é melhor.  A gente foi pegar o trem, só que os seguranças estavam com o trem fechado dizendo que rolou um tiroteio e todo transporte público estava sendo parado e a gente resolveu voltar a pé para casa e então quando estávamos passando por uma praça famosa de Munique, todo mundo começou a correr, e a gritar e ai a gente correu também não sei se teve tiroteio, mas falaram que perto de onde a gente estava o atirador pegou o metrô do  shopping e foi para o centro e começou a atirar por lá, mas eu não sei se é verdade. Nas noticias por aqui, tinha uma suspeita de serem até os próprios alemães que estavam abrindo fogo sobre estrangeiros,  mas não está confirmada", contou.

Fonte: Portal MN