Religiosos estrangeiros sequestrados em Camarões são libertados; saiba!

Forças de segurança atribuíram autoria ao grupo islâmico Boko Haram

Os dois padres italianos, Giampaolo Marta e Gianantonio Allegri, e a freira canadense, Gilberte Bussier, sequestrados no início de abril no norte de Camarões, foram libertados neste domingo (1) e deixarão Maroua em um avião militar, constatou a AFP.

Os três ex- reféns "foram libertados por volta das 2h00 da madrugada. Nossos militares os resgataram em uma vila perto de Amchidé", na fronteira da Nigéria, país onde foram detidos, disse uma fonte da segurança camaronesa.

"Nós passamos uma semana na Nigéria, como parte das negociações. Finalmente, eles nos entregaram os reféns durante a madrugada", declarou uma fonte militar que pediu anonimato.

Militares do Batalhão de Intervenção Rápida (BIR) e um helicóptero militar camaronês estavam estacionados neste domingo no aeroporto de Maroua.

Os três religiosos foram sequestrados no início de abril por homens armados em sua paróquia em Tcheré, cerca de 20 quilômetros de Maroua, capital da região do extremo norte de Camarões.

Os sequestros não foram reivindicados, mas as forças de segurança locais atribuíram sua autoria ao grupo islâmico nigeriano Boko Haram.

Fonte: G1