Sobrevivente vê criminoso ser executado nos EUA

Sobrevivente vê criminoso ser executado nos EUA

Ele foi punido por ter matado 5 crianças ao atear fogo a apartamento

Um homem que havia sido condenado pela morte de cinco crianças em um incêndio foi executado nesta terça-feira (13) no estado americano de Ohio, segundo as autoridades penitenciárias. William Garner, de 37, morreu às 10h38 locais (11h38 de Brasília) por injeção letal.

Ele havia sido condenado por ter ateado fogo em 1992 a um apartamento para esconder as provas de um assalto. O incêndio provocou a morte de cinco crianças, entre 8 e 13 anos.

Apenas um menino, que tinha 13 anos na época, escapou. Dezoito anos depois, o único sobrevivente assistiu à execução, segundo Julie Walburn, porta-voz do serviço penitenciário de Ohio.

Na véspera da aplicação da pena capital, a Suprema Corte de Ohio rejeitou uma apelação da defesa de Garner. O advogado do réu alegou que, na época do incêndio, ele tinha 19 anos, mas sua idade mental era de apenas 14.

É a 31ª execução do ano nos EUA.

Fonte: g1, www.g1.com.br