Tiroteio deixa várias pessoas feridas no terminal 3 de aeroporto nos EUA

Há "multiplos feridos" em incidente no terminal 3, segundo a polícia. Atirador e agente de segurança teriam morrido, diz imprensa dos EUA.

Um tiroteio com "múltiplos disparos" ocorreu no aeroporto de Los Angeles, no estado americano da Califórnia, na manhã desta sexta-feira (1º), deixando muitos feridos, segundo as autoridades.

O atirador, que segundo testemunhas abriu fogo próximo a um controle de segurança do terminal 3 do aeroporto, está sob custódia, segundo a polícia, que descartou a existência de mais suspeitos.

Um agente de segurança do aeroporto e o suposto atirador teriam sido atingidos na perna, de acordo com o "Los Angeles Times".

De acordo com as emissoras americanas de TV, o agente baleado e o atirador teriam morrido. Ainda não havia confirmação oficial disso.

Também há relatos de um terceiro ferido, um outro agente de segurança.

De acordo com o "LA Times", que cita testemunhas, o atirador era um rapaz branco e jovem, que andava calmamente pelo local até começar a atirar.

Segundo a CBS, há relatos de que o suspeito tinha como alvo os agentes da TSA (Administração de Segurança do Transporte), que estavam no controle de segurança.

De acordo com a emissora, o suspeito seria outro agente da TSA, que estava fora de seu horário de serviço. O "LA Times" disse que, segundo as autoridades, ele não parece ter conexões com grupos terroristas.

O tiroteio ocorreu às 9h30 locais (14h30 do horário brasileiro de verão), próximo ao controle de segurança do terminal 3, segundo a administração do aeroporto em sua conta no Twitter.

Vários passageiros telefonaram para o telefone de emergência da polícia para relatar a emergência.

Os aviões permaneceram em solo no aeroporto logo após o incidente, mas os voos já começaram a ser retomados, segundo o "LA Times".

Os terminais 2 e 3 foram evacuados, e o esquadrão antibombas está vasculhando o local, segundo a polícia.

Os aviões permaneceram em solo no aeroporto logo após o incidente, mas os voos já começaram a ser retomados, segundo o "LA Times".

A polícia pediu que os moradores evitem a região, e o tráfego estava bloqueado.


Tiroteio deixa várias pessoas feridas no terminal 3 de aeroporto nos EUA

As forças policiais estão em alerta em toda a cidade.

A CBS também relata que uma grande caixa com munições teria sido encontrada nas imediações do aeroporto.

Testemunhas

O passageiro Robert Perez disse que estava tirando uma soneca quando o pânico começou, segundo a TV local KCLA/CBS.

"Ouvi um estouro, e todo mundo estava se jogando no chão para se proteger", disse. "A segurança disse que havia um tiroteio no terminar e evacuou o prédio.

Os passageiros foram levados a um ônibus e se dirigiram a um terminal menor, segundo ele.

Um passageiro disse ter visto o agente da TSA baleado na perna "Parecia que ele tinha saído direto de um filme", disse Brian Adamick, segundo a CBS.

De acordo com a testemunha, o agente disse "Eu fui baleado, estou bem". A testemunha também afirmou que o agente disse já ter sido baleado anteriormente.

Tony Bellecci, do programa de TV Mythbusters, disse no Twitter: "Ouvimos tiros e então todos correram para a porta. Não estou certo se alguém se feriu."

Casa Branca

O presidente americano Barack Obama foi informado sobre o tirotieo no aeroporto, segundo uma autoridade da Casa Branca. "Continuamos em contato com nossos parceiros federais e locais. A polícia de Los Angeles está liderando a resposta e a investigação", disse.

O Serviço Secreto pediu que manifestantes e turistas deixem a região em frente à Casa Branca, em Washington, por medida de precaução.

O tiroteio desta sexta deve impulsionar o debate sobre a segurança nos aeroportos americanos, considerados um alvo em potencial para grupos terroristas.

Fonte: G1