Tiroteio em quatro casas deixa cinco pessoas mortas nos EUA

Tiroteio em quatro casas deixa cinco pessoas mortas nos EUA

O suspeito foi identificado como Charles Brownlow Jr., de 36 anos, um homem com um longo histórico criminal.

Um tiroteio em quatro casas e um posto de gasolina deixou cinco mortos, e o suspeito pelo massacre foi colocado sob custódia, informou a mídia local de Terrel, no estado americano do Texas, nesta terça-feira (26).

O suspeito foi identificado como Charles Brownlow Jr., de 36 anos, um homem com um longo histórico criminal.

Segundo a polícia, ainda não se sabe o motivo dos crimes.

A rede NBC informou que vizinhos identificaram a primeira mulher alvejada como a tia de Brownlow, cujo corpo foi encontrado em sua casa, aproximadamente às 17h da segunda.

Meia hora depois, um bombeiro percebeu que saía fumaça da casa da mãe de Brownlow. O corpo da mulher foi achado dentro da residência destruída pelo fogo.

Mais tarde, às 22h, tiros foram disparados contra a casa da namorada de Brownlow, informou a NBC, mas ninguém foi ferido.

Os corpos de um homem e de uma mulher foram encontrados em uma outra casa, às 22h27.

Uma criança de três anos encontrada na casa escapou ilesa.

Dez minutos depois, um funcionário de uma loja de conveniência foi morto a tiros.

Brownlow tentou fugir da polícia em um carro roubado da casa de sua mãe, mas bateu em um muro e, em seguida, fugiu para a floresta.

O homem foi capturado com a ajuda de câmeras infravermelhas e helicópteros, à 1h30 desta terça-feira.

"Estamos todos em estado de choque, e pensando: "Como é que isso pôde acontecer aqui?""", questionou o chefe da polícia de Terrell, Jody Lay, durante entrevista no início da manhã.

"Este é um lugar do interior, uma comunidade rural, onde as pessoas são muito próximas e isso terá um impacto enorme sobre nossas vidas."

Terrel tem cerca de 16 mil habitantes.


Tiroteio em quatro casas deixa cinco pessoas mortas nos EUA

Fonte: G1