Traficante entrega chefe de cartel por estar "horrorizado com ela"

Grupo de La China costumava sequestrar pessoas e despejar corpos

A chefe do mais temido cartel de drogas de mulheres do México foi entregue à polícia pelo próprio namorado, que também é traficante. Ele afirmou que estava horrorizado "com o monstro que ela se tornou".

Melissa 'La China' Calderon foi descrita pelo amante, Pedro "El Chino" Gomez, como "maníaca" e "controladora. Ela é acusada de ter cometido 180 assassinatos .

La China, a mais poderosa narcotraficante do México, foi capturada depois de El Chino ter a negociado com a polícia em troca de uma redução em sua própria sentença.

Ele também informou as localizações dos cemitérios clandestinos usados para desovar os corpos das vítimas de sua namorada.

Melissa Margarita Calderón Ojeda, de 30 anos é conhecida pelo apelido "La China". Ela se envolveu com o crime organizado em 2005, quando começou a trabalhar para o Cartel Damaso.

A organização tem vínculos com o Cartel de Sinaloa, o mais poderoso cartel de drogas do México. La China ganhou espaço rapidamente dentro da organização pela sua crueldade e temperamento agressivo, até se tornar comandante do braço armado do grupo em 2008.

Ela teria começado a orquestrar assassinatos e tomar o controle de vastas áreas da cidade de La Paz. As mortes no estado triplicaram ao longo dos sete anos em que ela esteve à frente do braço armado do cartel.

La China tornou-se famosa por sequestrar suas vítimas de assassinato de suas casas e retornando seus corpos desmembrados de suas portas das famílias como um alerta para a comunidade local.

El Chino teria ficado horrorizado com as brutalidades da namorada e deixou o cartel, sendo capturado logo em seguida pela polícia.

Com as informações oferecidas por ele, La China foi presa sem que um único tiro fosse disparado, quando tentava fugir do estado pelo aeroporto de Cabo San Lucas. Ela está atualmente passando por um interrogatório na Cidade do México.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7