Nos EUA, jogador de beisebol é morto por jovens "entediados"

Nos EUA, jogador de beisebol é morto por jovens "entediados"

Três adolescentes, um de 15, um de 16 e outro de 17, foram identificados como os autores do crime, mas a arma não foi encontrada.

Christopher Lane saiu da Austrália para jogar beisebol na East Central University, no estado de Oklahoma. Em uma de suas visitas a sua namorada, que mora a 65 milhas do campus, foi vítima de três adolescentes que resolveram o matar por um simples motivo: eles estavam entediados.

Segundo Danny Ford, chefe da Polícia de Duncan, eles souberam do assassinato através de uma mulher que ligou para o 911, número de emergência nos Estados Unidos, após ver Lane andar cambaleando pela rua.

Três adolescentes, um de 15, um de 16 e outro de 17, foram identificados como os autores do crime, mas a arma não foi encontrada. E a confissão do garoto de 17 foi o que surpreendeu o chefe da polícia.

?Eles viram Christopher na rua e um deles disse ?Esse é o nosso alvo??, disse Ford. ?O garoto que nos confessou disse: ?Estávamos entediados e não achamos nada para fazer, então decidimos matar alguém??.

E segundo a rede americana ABC, a história fica pior. Os garotos teriam continuado a andar pela cidade, mataram outra pessoa aleatória logo em sequência e ainda fizeram um post no Facebook se vangloriando do fato: ?bang, two drops in two hours? (em tradução livre, ?bang, duas mortes em duas horas?).

Fonte: UOL