Atleta Pistorius chora após ser acusado por morte da namorada

Atleta Pistorius chora após ser acusado por morte da namorada

Atleta paralímpico é suspeito de matar a namorada, em fevereiro deste ano.

O julgamento do atleta paralímpico sul-africano Oscar Pistoriusx foi marcado para março de 2014, entre os dias 3 e 20. Ele é o principal suspeito de matar a tiros a namorada, a modelo Reeva Stenkamp, em 14 de fevereiro deste ano.

Pistorius foi ao Tribunal de Pretória nesta segunda-feira (19), para ser acusado formalmente pela morte da namorada, que, coincidentemente, completaria 30 anos nesta segunda.

Mas segundo a agência de notícias americana CNN, somente a primeira fase do julgamento será realizada em março. O processo completo pode levar um ano ou mais.

O biamputado Pistorius, de 26 anos e conhecido como "Blade Runner" devido às próteses que usa nas competições, abaixou a cabeça e rezou de mãos dadas com o irmão Carl e a irmã Aimee, antes da breve audiência em um tribunal de Pretória.

O velocista é suspeito de ter premeditado o assassinato. Ele teria disparado quatro vezes contra a namorada no banheiro da suíte do casal, em Pretória.

Foram apresentadas acusações detalhadas descrevendo o indiciamento por assassinato premeditado contra Pistorius, que admitiu ter atirado na modelo Reeva Steenkamp através da porta do banheiro em sua casa de Pretória no Dia dos Namorados da África do Sul.

Pistorius diz ter confundido a namorada com um invasor. Para a polícia, porém, o atleta deve responder pela morte da modelo.

Pistorius entrou na sala do Tribunal acompanhado por seus irmãos, Aimee e Carl, e chorou.

Ele foi um dos atletas mais famosos dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2012 em Londres, disputando a semifinal olímpica dos 400m contra atletas sem deficiência e conquistando o ouro paralímpico na mesma distância.

Fonte: G1