Turco que atirou no papa João Paulo II já está em liberdade

Turco que atirou no papa João Paulo II já está em liberdade

Aos 52 anos de idade, Mehmet Ali Agca poderá ter que prestar serviço militar

Memhmet Ali Agca, o terrorista turco que atirou contra o papa João Paulo 2º em 1981, deixou nesta segunda-feira (18) a prisão onde estava, na região de Ancara, na Turquia.

Após ser libertado, Agca foi enviado imediatamente a um escritório de recrutamento militar para ser submetido a um exame médico que determinará se ele é apto para o serviço militar, que ainda não cumpriu, aos 52 anos de idade.

Os jornalistas que esperavam fora da prisão de Sincan não conseguiram ver o homem que atirou contra João Paulo 2º em Roma.

Curiosamente, Agca não estava preso pelo crime cometido contra o papa, mas sim pelo assassinato de um jornalista, ocorrido antes do ataque contra João Paulo 2º.

Após ser condenado à prisão perpétua em julho de 1981 pelo atentado contra o pontífice e de ser perdoado pelo próprio João Paulo 2º, em 2000, o então presidente da Itália, Carlo Azeglio Ciampi, concedeu o indulto ao turco.

Em dezembro de 2009, o jornal italiano Il Messaggero afirmou que a libertação de Agca pode gerar polêmica, pois ele expressou em várias ocasiões que gostaria de viver fora da Turquia. Uma rede de televisão americana também teria oferecido US$ 2 milhões (R$ 3,47 milhões ) a ele em troca de uma entrevista exclusiva.

Fonte: R7, www.r7.com