Vacina contra a Aids criada nos EUA funciona em macacos, diz  pesquisa realizada pela "Nature"

Vacina contra a Aids criada nos EUA funciona em macacos, diz pesquisa realizada pela "Nature"

Pesquisa publicada na “Nature” mostra que vírus foi eliminado em 50% dos casos testados

Uma vacina contra o HIV desenvolvida pela Universidade de Ciência e Saúde de Oregon, nos Estados Unidos, tem tido bons resultados e foram publicados na revista ?Nature?. Ela está sendo testada numa forma do vírus que ocorre em primatas, o vírus da imunodeficiência símia (SIV, na sigla em inglês).

- Até agora, apenas casos clínicos raros foram curados da Aids - afirmou o diretor da Universidade de Oregon, Louis Picker. - Esta pesquisa sugere que certas respostas do sistema imune provocadas pela vacina podem remover completamente o HIV do corpo.

Os pesquisadores modificaram geneticamente o citomegalovírus, o CMV, um vírus que está presente em grande parte da população, e o tornaram capaz de buscar e destruir as células infectadas pelo HIV. No estudo, cerca de 50% dos macacos infectados que receberam o patógeno acabaram eliminando todos os traços do vírus, ou seja, foram curados ?funcionalmente?.

- Através deste método, ensinamos o corpo do macaco a preparar suas defesas para combater a doença - explicou Picker. - Nossa vacina mobilizou a resposta das células T que foram capazes de suprimir os invasores de HIV em 50% dos casos tratados. Além disso, nestes casos com resposta positiva, nossos testes sugerem que o vírus foi banido. Estamos esperançosos de que parear o CMV modificado com o HIV poderá nos levar a resultados similares em humanos.

Fonte: OGlobo