Internet: como escolher o plano ideal

As opções são variadas e cada uma delas oferece serviços e qualidades diferentes, mas também armadilhas.

O acesso à internet tem aumentado mais a cada ano. De 2005 a 2008, o percentual de usuários com dez anos ou mais quase dobrou no Piauí, chegando a 20,2%. A pesquisa divulgada pela Pnad mostra também que a maioria dessas pessoas ? 57,1% - utilizam o serviço da sua própria casa.

É exatamente no momento de escolher o melhor tipo de internet que o consumidor precisa ficar atento. As opções são variadas e cada uma delas oferece serviços e qualidades diferentes, mas também armadilhas.

Na internet móvel, a vantagem é a mobilidade, pois é possível levar o moldem e conectar em qualquer computador. ?O problema, nesse caso, é que a qualidade do serviço varia de acordo com o local. Em muitos bairros, por exemplo, a internet móvel nem funciona?, disse o analista de sistemas Henrique Freitas. Além disso, a conexão varia dependendo das condições topográficas, climáticas ou da quantidade de usuários que tiverem aderido ao serviço.

Se a opção for pela internet via telefone fixo, o preço ainda é um atrativo, devido a rapidez da conexão que oferecem. Mas, por outro lado, as surpresas na conta ao final de mês assustam muitos usuários. ?Eu tinha um plano que incluía 200 minutos de ligações para celular, a internet e a linha do telefone fixo. O preço de tudo - R$ 209,00 ? era bom, mas cheguei a pagar conta de até R$ 500,00?, relata a assessora Tuyná Fontenele.

A última opção é a internet via rádio. O preço é acessível e a qualidade garantida. No entanto, o gasto inicial com equipamentos chega a R$ 300,00. Além disso, as regiões mais baixas ou árvores de grande porte, dificultam a chegada do sinal.

O advogado especialista em direitos do consumidor, Mauro Oquendo, alerta para a importância de um contrato de adesão bem esclarecido. ?O direito à informação adequada e suficientemente veraz é um dos pilares do código do consumidor. Qualquer cláusula que possa prejudicar o cliente deve estar em destaque para chamar atenção?, afirma o especialista.

Cuidado com a propaganda enganosa

As operadoras que oferecem o serviço 3G tem diversas opções de planos. É possível escolher de acordo com a velocidade da internet, que vai de 250 Kbps até 1 MB, ou a versão ilimitada, que não cobra pelo excedente de dados trafegados.

Esse ponto, no entanto, merece atenção especial dos consumidores. Poucos sabem disso, mas se a quantidade de dados trafegados for superior ao que é determinado por cada operadora, a velocidade da internet pode baixar de 1 MB para 128 Kbps, o que torna a conexão muito lenta. Em termos práticos, mesmo com a versão ilimitada da internet 3G, não é possível baixar quantidade excessiva de audiovisuais, por exemplo.

Para não serem enganados, Mauro Oquendo orienta os consumidores a terem cautela no momento de assinar o contrato de adesão. ?Não é bom ter pressa e nem se contentar com informações superficiais?, disse o advogado acrescentando que, se o usuário sentir-se lesado, pode procurar os órgãos de defesa do consumidor ou entrar com ação na justiça.

Como escolher o melhor plano

Para quem mora sozinho e não baixa muitos arquivos ? internet via rádio

Casa que tem mais de um computador ? internet via telefone fixo

Quem viaja muito ? internet móvel

Fonte: Nayara Felizardo