Jackeline se recupera bem, mas ainda não pode segurar filho no colo

Por recomendação médica, apresentadora não pode carregar peso

Na casa da mãe, a apresentadora Jackeline Petkovic, de 29 anos, se recupera bem, após receber alta no sábado (29) do Hospital das Clínicas, onde ficou internada durante cinco dias devido a um acidente de carro. Segundo a mãe, Frans Martins, que conversou com o G1 por telefone nesta segunda-feira (31), a filha está muito feliz em estar em casa e ao lado do filho, Enzo, de 1 ano e 11 meses.

Por recomendação médica, Jackeline ainda não pode segurar a criança no colo, pois está proibida de carregar peso, mas ela brinca com a criança na cama. Jackeline foi internada na terça-feira (25) após sofrer um grave acidente de carro no Rodoanel Mário Covas, na altura de Osasco, na Grande São Paulo. A mãe diz que o fato de a filha estar feliz está ajudando na recuperação.

Com a saída de Jackeline do hospital, a rotina de Enzo também voltou ao normal e nesta segunda-feira ele foi para a escola, em Alphaville, na Grande São Paulo. De acordo com o pai de Jackeline, o engenheiro Guilherme Jorge Petkovic, como a criança estava na casa dos avós paternos, na capital paulista, ficava complicado levá-la até a escola em Alphavile. “A Jack até perguntou, quando estava no hospital, se o neném estava indo para a escola e eu falei que era complicado, mas que ele estava bem”, contou o pai, segundo o qual a apresentadora gosta que o filho frequente a escola porque ele se distrai no local e é bom conviver com os colegas e as professoras.

Um dos momentos mais marcantes da volta de Jackeline para casa foi o reencontro com o filho, segundo relatou a mãe da apresentadora. “Foi maravilhoso. O neném deu um longo abraço na mãe, ficou grudado nela. A Jacke chorou [de emoção]”, comentou Frans. No fim de semana, além de rever o filho, Jackeline também recebeu a visita de familiares.

A apresentadora passa a maior parte do tempo em repouso para que a recuperação seja rápida. Na manhã desta segunda, a mãe informou que a filha estava dormindo e que ainda não podia falar com a imprensa.

Fonte: g1, www.g1.com.br