Jobs a biógrafo: "Bill Gates não criou nada e roubava ideias"

Jobs a biógrafo: "Bill Gates não criou nada e roubava ideias"

Livro oficial escrito por Walter Isaacson chega na segunda-feira, dia 24.

A conturbada relação entre Steve Jobs e Bill Gates parecia ter se acalmado desde que, em 1997, o CEO da Apple acertou uma parceria com a Microsoft. A biografia oficial de Jobs, que chega às livrarias nesta segunda-feira (24), mostra que o cofundador da Apple, morto no dia 5, ainda tinha uma visão negativa do ex-rival.

"Bill (Gates) basicamente não tem imaginação e nunca inventou nada, e acho que é por isso que ele se sente mais confortável fazendo filantropia do que no mercado de tecnologia. Ele apenas roubava as ideias dos outros, sem vergonha alguma", diz Jobs no livro.

Jobs e Gates trocaram declarações ofensivas ao longo de boa parte da trajetória de ambos no mercado de tecnologia. Em uma de suas frases mais célebres, Jobs disse que Gates, seria "uma pessoa (com visão) mais ampla se tomasse ácido uma vez ou tivesse frequentado um templo de meditação quando era mais jovem".

Já o pai do Windows chegou a dizer que Jobs era um ser humano "falho", e que só sabia conversar em dois modos? "ou ele dizia que você era uma merda ou tentava te seduzir". Trinta anos depois, Gates aprendeu a admirar Jobs, um empresário que, segundo ele, "não entendia muito de tecnologia, mas tinha um instinto fenomenal sobre o que funcionava".

Fonte: g1, www.g1.com.br