Jornalista argentino morre após acidente com um carro roubado

Jornalista argentino morre após acidente com um carro roubado

A polícia prendeu os três suspeitos que estavam no veículo, entre eles um menor de idade.

O jornalista argentino Jorge Luís López, de 38 anos, que estava cobrindo a Copa do Mundo no Brasil, morreu na madrugada desta quarta-feira, após um acidente de carro, segundo informações da TV Globo.

Ele estava em um táxi, se dirigindo ao hotel em que estava hospedado, na região de Guarulhos, quando o veículo foi atingido por outro carro, roubado poucos instantes antes, que estava fugindo de uma perseguição policial.


Jornalista argentino morre após acidente com carro roubado

Jorge não utilizava cinto de segurança, e no momento da colisão bateu a cabeça e foi arremessado para fora do táxi.

A polícia prendeu os três suspeitos que estavam no veículo, entre eles um menor de idade.

Em sua conta do Twitter, Jorge postou algumas fotos da cobertura da Copa do Mundo, e esperava estar presente na partida desta quarta-feira, pelas semifinais, quando a Argentina enfrenta a Holanda, às 17h (de Brasília), na Arena Corinthians.

No último dia 1º a jornalista argentina Maria Soledad Fernandes, 26 anos, também foi vítima de um acidente de carro e faleceu. Ela estava na BR-381, voltando de São Paulo para Minas Gerais, após a vitória da Argentina sobre a Suíça por 1 a 0, quando seu veículo chocou-se com a traseira de um Golf, causando o capotamento. Maria era filha de Miguel Ángel Tití Fernández, um famoso jornalista esportivo argentino, e vários jogadores da seleção albiceleste prestaram homenagem.

Fonte: Terra