Jovem decide vender virgindade por R$ 3,5 mi para ajudar os pais

A família da jovem pode de ser despejada nos próximos meses

Com o intuito de arrecadar dinheiro para pagar a hipoteca da casa dos seus pais, Alexandra Khefren, 18 anos, resolveu vender a virgindade na internet. A família da jovem corre o risco de ser despejada nos próximos meses. Ela lamenta: "Não quero vê-los na rua".

A jovem apareceu em um programa de televisão britânico This Morning para falar sobre a situação difícil do seus pais. Ela conta que para não ver os pais na rua e pagar os seus estudos pretende vender o corpo e sua primeira vez pelo valor de £850.964 o equivalente a R$ 3,5 milhões e ressalta aos interessados que "não aceito menos".

Alexandra Khefren
Alexandra Khefren

Alexandra diz que se inspirou no filme Proposta Indecente, onde o personagem de Robert Redford oferece a Demi Moore um alto valor em dinheiro para poder passar uma noite com ela. "Eu tinha 15 anos quando vi o filme na TV. Recentemente lembrei dele e percebi que poderia fazer o mesmo com a minha virgindade. Já vi muitas meninas se venderem por £ 3,5 milhões ou mais", conta para os apresentadores do programa.

Ao ser questionada sobre o que espera do pretendente ela garante: "Não me preocupo com isso. Vou cumprir com o acordo não importa como ele se pareça".

"Penso em negócios, não no emocional. Acho que vai ficar tudo bem. Uma taça de vinho vai ser o suficiente para segurar as pontas", acrescenta.

Os apresentadores ficaram chocados com a jovem e a encorajaram a procurar um psicólogo. Eles ficaram ainda mais surpresos com a garota, que fez testes para provar sua virgindade, disse que não exigirá nenhum exame para averiguar a saúde do seu comprador.

A garota revelou ainda que está convencida que os seus pais nunca vão descobrir o que ela pretende fazer. "para estar aqui, falei que estava indo para um trabalho como modelos. Eles nem desconfiam.

— Meu pai é um homem muito rígido. Ele não concordaria com isso. Se eles não descobrirem, eu nunca lhes direi ", acrescentou.

Fonte: r7