Jovem morre enquanto patinava e família tem que pagar R$ 11 mil

O corpo do estudante deve chegar ao Brasil na segunda-feira (9).

A família do estudante paulista de medicina Henrique Vasques, de 20 anos, morto na Rússia na segunda-feira (2) enquanto patinava, conseguiu arrecadar nesta quinta (5) o dinheiro necessário para fazer o translado do corpo do jovem para o Brasil. O valor de cerca de R$ 11 mil (US$ 6 mil) foi alcançado por meio de doações de amigos de Henrique do Brasil e da Rússia em menos de dez horas.


Jovem morre enquanto patinava e família tem que pagar R$ 11 mil por corpo

O corpo do estudante deve chegar ao Brasil na segunda-feira (9). Segundo o designer Victor Vasques, de 25 anos, irmão de Henrique, a solidariedade fazia parte da rotina do jovem. "Ele falava que era um termo que os militares usam muito: a vibração de ajudar uma pessoa não se compara a nada".

Após patinar com amigos em um lago congelado na cidade de Kursk, a 456 km de Moscou, o estudante voltava para casa quando, segundo amigos, o gelo se rompeu. Ele e o também brasileiro Rafael Lusvarghi caíram na água e tentaram nadar até a borda

De acordo com Jemerson Fabio Gomes de Souza, amigo dos brasileiros, um policial que passava pelo local ajudou a retirar os dois da água. Rafael foi hospitalizado mas Henrique, que já estava inconsciente devido ao frio, morreu.

Fonte: G1