Jovem que acusa Feliciano pede desculpas à feministas e LGBTs

A vida da estudante Patrícia Lelis deu uma grande reviravolta.

A vida da estudante Patrícia Lelis deu uma grande reviravolta nos últimos dias. Debaixo dos holofotes por protagonizar uma acusação de estupro e de assédio sexual contra o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), a jovem fez um desabafo em seu Facebook pedindo perdão à comunidade LGBT e às feministas.

Segundo texto publicado na rede social, enquanto seus antigos correligionários do Partido Social Cristão – do qual era afiliada – a atacam por conta de suas revelações, ela tem recebido apoio de movimentos que costumava criticar veementemente.

“Temos que encarar a realidade do momento e perceber que até agora, milhões de pessoas estiveram do meu lado – incluindo grupos feministas e grupos LGBT que sempre critiquei veementemente – mas praticamente nenhuma deles era um político ou intelectual dito de direita. Estes, antes de averiguar as fraudes e mentiras espalhadas, que se acumulam aos montes, prontamente trataram de se movimentar para me chamar dos piores nomes possíveis. (…) Aprendi nos últimos dias que quando as mulheres e pessoas sensatas se unem, o caso não morre. Deixo aqui minhas sinceras desculpas a todos os grupos que um dia eu ofendi e que hoje são os que me ajudam”.

Patricia Lellis e Feliciano (Crédito: Reprodução)
Patricia Lellis e Feliciano (Crédito: Reprodução)


Fonte: Hypeness