Jovem que atropelou 20 pessoas declara: "Bebi, mas estava lúcido"

Ele disse ainda que dirige há seis anos sem carteira de habilitação.

Hector Ernandes de Santana, 20 anos, acusado de ter atropelado pelo menos 20 corintianos na madrugada da última quinta-feira, confirmou que tinha consumido bebida alcoólica no dia do acidente. "Eu ingeri só vodca com energético. Não bebi muito. Eu não sou de beber muito. E estava lúcido no que eu estava fazendo", contou. As informações são do Fantástico, da Rede Globo.

O jovem declarou que dirige há seis anos sem carteira de habilitação e que, mesmo sem possuir o documento, comprou um carro. "Dirijo sem carta desde quando comecei a trabalhar no meu ramo. Eu sou mecânico. Desde os 14 anos eu trabalho", disse. Santana também pediu desculpas às vítimas. "Estou arrependido", afirmou. Hector é acusado de ter atropelado pelo menos 20 pessoas durante as comemorações da conquista do título da Copa Libertadores da América pelo Corinthians. Ele foi indiciado por lesão corporal dolosa, tentativa de homicídio e por crime de trânsito, por dirigir sem habilitação. A pena somada dos delitos pode chegar a 30 anos de prisão.

Fonte: Terra